terça-feira, janeiro 17, 2006

mandala


a dimensão pura da mente,
exemplo da impermanência,
universo puro,
auto-identificação do micro e macrocosmo

quero mandala
a merda

2 Comments:

Anonymous Ana Paula Fadul said...

Rodrigo,
sua sensibilidade gira em espiral e brilha em todas as direções.Adorei o seu trabalho.AnA pAulA fAdul.

7:08 PM  
Blogger 23. said...

sensibilidade sua
perceber a minha

obrigado e volte-sempre

8:20 PM  

Postar um comentário

<< Home